top of page

"Gosto porque lembro", de Charlene Morais

Este trabalho pertence a uma série de obras criadas a partir das reflexões sobre o sensível que aconteceram no grupo de estudos do Instituto Urdume, no ano de 2022.




"Blusa decorada pela técnica do bordado livre. As representações se referem aos elementos materiais e imateriais que resgatam memórias afetivas das aulinhas de bordado ministradas pela tia Lelinha em minha infância. O têxtil renasce a cada ponto ensinado, lembrança marcada nela pelo ensinamento de sua mãe (minha avó) e que hoje ela as identifica em mim. Três gerações interligadas pela transmissão de um saber que se configura como uma arte manual."





Charlene Morais é Artesã e professora. As mãos por trás da "De Mãe pra Filha crochetaria". A mensagem do seu artesanato é uma busca pelas origens dos seus ancestrais. Suas mãos são o meio e um novo modelo de consumo e experiências.



67 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page